Oia a criatura fazendo bicão...

quarta-feira, junho 23, 2010

Sonho Bizarre

Esse é um poema, sobre um sonho que uma vez eu tive
Um amigo me contou tudo que aconteceu
A morte de Jones
Como foi ela
E quem matou
O assassino era meu proprio muso
O que então me abalou
Não conseguia ve-lo dessa forma
Minha mente então rejeitou
Mas uma noite, a não muito tempo
Eis que o sonho me pegou
Ele que tentou me silenciar
Mas peguei-o e o joguei no chão
Fragilizado pela idade
Eis que veio a maldade
Arranquei lhe o olho
Fiz ele engolir
Não sei como consegui dormir
Sua lingua foi arrancada
Ossos quebrados um a um
Pisei-lhe o estomago
Suas tripas espalhadas pelo chão
Meu amigo ao lado rindo
Com o rancor de um assasino
Acordei aterrorizada na escuridão

Não sabia mais, se era bom ou mal
Senti uma sensação tão desigual
Torturei e matei meu muso
A sangue frio, que abuso
Não sei o que me deu
Pra matar em sonho
Um querido muso meu
Se bem que mereceu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se for comentar, fale algo inteligente, ou ao menos decente... Ou o fantasma de Brian Jones irá te afogar na privada suja da rodoviaria.