Oia a criatura fazendo bicão...

sábado, maio 15, 2010

Motivo de outra Poesia

Me sinto estranha
1 da manhã
Fome, sono, Doors, delirios de poeta
Não se preocupe, isso quer dizer, que te amo
Nem eu sei o que estou pensando
Então diga algo, pois quero passar meu tempo
Com você
E isso quer dizer, eu te amo

Não se preocupe com minhas loucuras
Você tem as suas
Não se preocupe com meu cansaço
Isso é só minha mente dizendo
Eu te amo

Isso tudo é estranho
Eu sei, eu sei
Não ligue para o que digo
Ou o que eu possa estar fazendo
Se sou estática, digo coisas sem sentido
Se não faço sentido
São as palavras embaralhadas dizendo
Eu te amo

Outro poema meloso pra dizer algo que você já sabe
Talvez seja minhas viagens de anti-matéria
Nada deve fazer sentido
Só assim se entende o que estou dizendo
Entendes o que digo?
Bem... Apenas disse pra borboleta lhe entregar esse poema
Sabe por que eu escrevo poemas?
Por que eu te amo

Um comentário:

Se for comentar, fale algo inteligente, ou ao menos decente... Ou o fantasma de Brian Jones irá te afogar na privada suja da rodoviaria.