Oia a criatura fazendo bicão...

domingo, maio 30, 2010

Des que tenho meu Amor

Des que tenho meu amor
Não sei mais poetizar
Só poetizo meu amor
Des que tenho meu amor
Nenhum mais é lindo
Nenhum mais me deixa feliz
Nem meus rockeiros tem mais graça
Des que tenho meu amor
Não penso em mais ninguém
Nem em mais nada
Se desenho, desenho pro meu amor
Se faço um poema, é para meu amor
Se canto, canto o que sinto pelo meu amado
Só sei falar de amor
Des que tenho meu amor
Meus poemas ficaram melosos
Melados como o mel
Que cobriu meu coração
Des que amo aquele homem
Deixei tudo mais que queria
Não quero mais lamborghinis e anéis de ouro
Nem bocas grantes a me morder
Não quero mais o que o mundo me oferece
Só quero estar junto do meu amor
Se não falo com ele
Choro sozinha no quarto
E tudo que faço é pro meu amor
Se fico alegre, se fico triste
Tudo depende do seu humor
Por que tudo o que penso e sinto
Só depende do meu amor
Nada mais tem graça perto dele
Nem o mais lindo
Meus olhos só se viram para ver o meu amor

3 comentários:

  1. que babação :P, mas amar é a coisa mais perfeita quando se é correspondido (:

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Júlia, suas poesias parecem letras do Guns '-'
    ta apaaaaixonaaaaaaaaaaaaada , adoguei :*
    MENOS A PARTE QUE VOCÊ NÃO LIGA MAIS PROS SEUS ROCKEIROS!

    pensando bem, eu gosto sim.
    Sobra mais Slash pra mim ;9

    ResponderExcluir

Se for comentar, fale algo inteligente, ou ao menos decente... Ou o fantasma de Brian Jones irá te afogar na privada suja da rodoviaria.