Oia a criatura fazendo bicão...

segunda-feira, fevereiro 22, 2010

Memorias Amorfas

Um cheiro adocicado no ar
Um gosto agridoce em minha boca
Ao relembrar as memorias de tanto tempo
Ao ver um amigo que não esqueci

E é assim que o tempo mostra
Que pessoas mudam tão rapido
Tudo tão diferente
Inverção de papéis

És um jovem adolecente
Eu também
Mas a minha seriedade
Meu emocional
Parece não bater mais com suas ideias
Que nunca baterma com as minhas

Senti tua falta, não nego
Mas és tão diferente
Cadê o respeito
A admiração que eu tinha por ti?
Mostre-me

Agora que sou uma artista
Agora que você mudou
Quando perceber minhas ideias
Ainda sera meu amigo?

Tudo só mostra que sou Amorfa
Metamorfose em transição
você também é agora
Me de sua mão
Quero mostrar a poesia da mudança
Minhas Memorias Amorfas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se for comentar, fale algo inteligente, ou ao menos decente... Ou o fantasma de Brian Jones irá te afogar na privada suja da rodoviaria.